Siga-nos

PPR

PPR

Programa de Proteção Respiratória

    O  programa de proteção respiratória serve para que o empresário tenha  certeza de que o seu funcionário está saudável hoje e que continuará no  futuro também.

    É obrigatório para as empresas em que temos  trabalhadores em ambientes com material em suspensão (aerodispersóides)  e considerados prejudiciais à saúde.

Objetivos

    Manter  o controle para o correto uso de protetores das vias aéreas  (respiratórias), e dos funcionários envolvidos em ambientes contendo  elementos em suspensão (aerodispersóides, névoas, fumos,  radionuclídeos, neblina, fumaça, vapores, gases) que provoquem danos às  vias aéreas (pulmão, traquéia, fossas nasais, faringe).

    Utilizam-se  protetores quando ocorrem emergências, quando medidas de controle  coletivo não são viáveis, ou enquanto não estão sendo implantadas ou  estão em fase de implantação.

Responsabilidades

    O  administrador da empresa é o principal responsável por tudo que ocorrer  dentro da mesma, seja por culpa, dolo, imprudência ou negligência.

    É o administrador que poderá realizar alterações no programa de proteção respiratória.

    O  Engenheiro do Trabalho, Médico Ocupacional ou Técnico de Segurança do  Trabalho se constituem nos responsáveis pelo acompanhamento das  atividades e sua implantação efetiva.